PLANTÃO / BRADESCO

Imprimir Notícia

Bradesco pretende retirar direitos de bancários do HSBC

14/10/2016 às 13:16
Ascom/ SEEB-MA
A+
A-

O SEEB-MA orienta os empregados e aposentados do HSBC a não assinarem o documento que prevê a revogação de todas
as políticas de recursos humanos do banco, comprado recentemente pelo Bradesco. Se assinar, o bancário estará concordando
com a extinção de direitos, como: convênio médico, bolsa-educação, parcelamento do adiantamento de férias, folga referente ao dia de aniversário, entre outros.

A medida drástica atinge, também, os aposentados do HSBC, que estão sendo comunicados da troca de convênio médico, com o aumento das mensalidades. Desde o anúncio das negociações para a venda do HSBC, o movimento sindical ficou atento para que os empregos e direitos dos trabalhadores, conquistados com muita luta, não fossem retirados.

O SEEB-MA solicita aos bancários oriundos do HSBC que não assinem o documento enviado pelo Bradesco e denunciem ao Sindicato as tentativas arbitrárias de retiradas de direitos!
 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
GALERIA
Fotos | 05/10/2017

Passeata em defesa das empresas públicas

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3522
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.