PLANTÃO / BANCO DO BRASIL

Imprimir Notícia

SEEB-MA cobra melhorias e fim do assédio moral no BB de São Bernardo

Após denúncias dos funcionários, o Sindicato cobra melhorias

25/08/2017 às 07:07
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

O SEEB-MA recebeu várias denúncias de irregularidades na agência do Banco do Brasil de São Bernardo, no interior do Maranhão. O caso mais grave envolve o gerente geral da unidade, acusado de praticar assédio moral contra os funcionários, submetendo-os a constrangimentos e humilhações constantes para o cumprimento de metas abusivas.

Contra o gerente pesa, ainda, a denúncia de um bancário do Tocantins, que teria sido preterido em um seletivo interno da agência, pois o gestor já teria uma pessoa certa para o cargo.

Outro problema enfrentado pelos bancários da unidade é o mobiliário antigo e inadequado para o trabalho e para o atendimento ao público. A situação dos móveis é tão precária, que um cliente se compadeceu da situação e doou uma mesa para a agência.

Vale ressaltar que o SEEB-MA cobrou do Banco do Brasil a aquisição de um novo mobiliário, pleito que foi autorizado pelo banco. Porém, segundo denúncias, o gerente geral da agência, por descaso ou inoperância, nada fez até o momento.

Diante disso, o SEEB-MA cobra providências do BB contra o referido gestor, que deve se abster de práticas irregulares, como o assédio moral, proporcionando, ainda, condições dignas de trabalho aos bancários da agência São Bernardo com a compra dos móveis. Caso contrário, o SEEB-MA paralisará a agência, além de tomar outras medidas cabíveis para o caso. 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
GALERIA
Fotos | 05/10/2017

Passeata em defesa das empresas públicas

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3522
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.