PLANTÃO / BRADESCO

Imprimir Notícia

Bradesco condenado por exploração

07/11/2017 às 12:41
A+
A-

O Bradesco foi condenado pela Terceira Turma do TST (Tribunal Superior do Trabalho), por submeter uma ex-gerente a condições de trabalho insalubres e que, por consequência, agravaram o quadro de depressão da funcionária. Cobranças por metas excessivas eram feitas em público e de maneira depreciativa. A indenização foi sentenciada em R$ 50 mil.

O relator do recurso no TST, o ministro Mauricio Godinho Delgado, confirmou o assédio moral em função das explorações e das condutas abusivas da empresa em relação à empregada.

A funcionária foi demitida por justa causa, por não conseguir exercer a função, após a saída de um gerente da equipe. O banco não atendeu ao pedido feito para a reposição, portanto, em função das condições de trabalho a que foi submetida, o quadro de depressão foi potencializado.  

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3522
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.