PLANTÃO / REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Imprimir Notícia

"Crise" não impede Temer de gastar milhões com propaganda

09/03/2018 às 09:58
A+
A-

Em meio às práticas neoliberais para buscar um falso equilíbrio fiscal das contas públicas, o governo congelou investimento nas áreas públicas por 20 anos, nas áreas de saúde, educação e segurança e tentou tirar a aposentadoria do brasileiro. No entanto, a crise não impediu Temer de gastar R$ 105,2 milhões em propaganda para ganhar apoio da opinião pública sobre a reforma da Previdência.

Cerca de 60% dos R$ 105,2 milhões foram destinados a canais de televisão, que receberam R$ 65 milhões. Sem contar a visita ao SBT, emissora de Silvio Santos, para explicar a nefasta reforma. Velha artimanha utilizada até por Collor em 1990.

O governo não cansa de abrir os cofres. Primeiro, Temer se safou das denúncias da PGR (Procuradoria-Geral da República), sobre formação de organizações criminosas e obstrução da Justiça. Não foi só isso. Também perdoou as dívidas dos banqueiros e empresários.  

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.