PLANTÃO / DESEMPREGO

Imprimir Notícia

Com Temer, o desemprego dispara no Brasil

02/05/2018 às 10:37
A+
A-

A catástrofe do governo Temer para os brasileiros é reforçada a cada dia. Com a maior taxa de desemprego desde maio do ano passado, o número de desocupados no país subiu para 13,1% no primeiro trimestre, que encerrou em março. Agora, o Brasil tem 13,7 milhões pessoas sem trabalhar.

Os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que entre dezembro e março aumentou em 1,379 milhão o número de pessoas desempregadas. E os dados só pioram. O total de trabalhadores com carteira assinada caiu para -1,2%. Ou seja, são mais 408 mil pessoas no mercado sem direitos.

Nada é feito pelo governo para mudar a triste realidade no país. Pelo contrário. A reforma trabalhista ajudou e até a informalidade foi afetada. As pessoas sem carteira assinada foram mais demitidas, se comparado ao trimestre encerrado em dezembro. Ainda houve queda no número de empregados sem direitos. Caiu para 10,7 milhões de pessoas. Quer dizer, menos 402 mil trabalhadores.

Chegou a 23 milhões o total dos que trabalham por conta própria no último trimestre do ano passado. Crescimento de 3,85% (mais 839 mil pessoas) em relação ao mesmo período de 2016.
 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.