PLANTÃO / LUCROS

Imprimir Notícia

Privados lucram R$ 43,8 bilhões em nove meses

06/11/2018 às 10:18
A+
A-

A recessão econômica arrasa o mercado interno brasileiro. Centenas de empresas fecharam as portas e milhões de pessoas estão desempregadas. Mas, para um setor não há crise. Pelo contrário. Os bancos lucram como nunca no Brasil, sobretudo os privados.

O balanço de janeiro a setembro deste ano de Bradesco, Itaú e Santander é surpreendente. As três empresas colocaram nos cofres R$ 43,84 bilhões no período. É dinheiro a perder de vista.

Enquanto engordam os cofres, bancários sofrem com a política perversa de metas e ainda as ameaças constantes de demissão. Os bancos não brincam e os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) confirmam.

Nos nove primeiros meses de 2018, o setor desligou 24.025 trabalhadores. Além de Bradesco, Itaú e Santander, o relatório inclui BB e Caixa. Os números mostram uma realidade cruel: a política de austeridade imposta pelo projeto neoliberal arrocha o brasileiro, mas os bancos seguem em maré mansa, sem fiscalização, explorando funcionários e clientes.  

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!