DESTAQUE / EDITORIAL

Imprimir Notícia

Novo governo coloca em risco aposentadoria e direitos

É preciso lutar contra os ataques aos nossos direitos e em defesa das liberdades democráticas.

08/11/2018 às 08:45
Eloy Natan, presidente do SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, ganhou as eleições presidenciais com mais de 57 milhões de votos (55,13% dos votos válidos) contra pouco mais de 47 milhões de votos do petista Fernando Haddad (44,87% dos votos válidos). Os eleitores que votaram em branco, nulo ou não foram votar totalizaram mais de 42 milhões de eleitores, um recorde histórico.

As eleições foram marcadas pela grande insatisfação da população com os políticos e com os partidos tradicionais, como o PT, o MDB e o PSDB. Infelizmente, a desesperança para encontrar uma solução para os problemas cotidianos como: desemprego, violência, insegurança, além da influência de setores religiosos e o funcionamento de uma máquina de desinformação através das redes sociais acabaram por beneficiar o crescimento de uma extrema direita.

A diretoria do Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB-MA) se posicionou em nota, no segundo turno, declarando voto em Haddad para impedir a vitória de Bolsonaro com seu projeto de ataques às liberdades democráticas, retirada de direitos sociais e entrega do nosso patrimônio através das privatizações e com seu discurso de incitação ao ódio contra setores oprimidos.

O SEEB-MA assumiu essa posição, após debate na diretoria, pelo compromisso e responsabilidade com a categoria bancária, no Maranhão, e com todos os brasileiros, que precisavam ser alertados sobre o que estava em jogo.

O Sindicato sabe que, nessas eleições, a categoria expressou uma pluralidade de pensamentos, que a diretoria respeita. Contudo, fazemos um chamado à unidade de todos que queiram enfrentar os ataques dos bancos e, sobretudo, do próximo governo aos direitos dos bancários e dos trabalhadores em geral.

De qualquer modo, reafirmamos que a categoria precisaria estar mobilizada para enfrentar qualquer um que ganhasse as eleições em 28 de outubro. Porém, os primeiros anúncios do presidente eleito e de seus principais assessores, após sair o resultado, confirmam as previsões de ataques aos direitos trabalhistas e ao serviço público. A Reforma da Previdência é prioridade número 1 do governo eleito e já está sendo debatida com Temer para ser votada ainda este ano.

Desta forma, o SEEB-MA se coloca, desde o primeiro momento, em ação pata mobilizar os trabalhadores para lutar nas ruas contra o fim da aposentadoria em conjunto com todas as organizações do movimento social interessadas em construir, desde já, a mais ampla unidade de contra os ataques aos nossos direitos e em defesa das liberdades democráticas. O Sindicato dos Bancários está em ação, pois a luta continua!

*** Eloy Natan, economista, bancário da Caixa e presidente do SEEB-MA. 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!