PLANTÃO / LUCROS

Imprimir Notícia

Itaú lucra R$ 25,7 bilhões às custas da exploração

05/02/2019 às 12:33
A+
A-

O Itaú - maior banco privado do país - obteve lucro líquido de R$ 25,7 bilhões no ano passado, crescimento de 3,4% na comparação a 2017. Até agora, o resultado é o maior entre as empresas do setor.

No entanto, o banco que tem lucro recorde é o mesmo que explora funcionários e clientes. Pior. Pressiona o Congresso Nacional pela aprovação de projetos que prejudicam a toda nação. É o caso da reforma trabalhista, que as organizações financeiras tanto defendiam, e a reforma da Previdência, que beneficia o setor, ajudando a engordar ainda mais os cofres.

Enquanto isso, outros serviços impulsionam o lucro. A carteira de crédito, por exemplo, fechou o ano em R$ 473,8 bilhões, alta de 4,2% em 12 meses. Mas isso tudo às custas da pressão psicológica e cobrança de metas diariamente nas agências. A receita total do Itaú, medida pelo produto bancário, somou R$ 111,8 bilhões no ano passado.

Considerando apenas a receita com crédito, o faturamento do banco foi de R$ 63,6 bilhões. O Itaú destaca o crescimento nas receitas com prestação de serviços. As tarifas, resultado dos pacotes de serviços caríssimos cobrados aos clientes cresceram 6,3%, atingindo R$ 35,1 bilhões. Um avanço superior à inflação. Quer dizer, além de pressionar os funcionários, o cidadão também sai perdendo. Acaba pagando juros mais altos e muitas vezes serviços que não utilizam.  

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!